Repositorio UVigo

Ensaio de uma nova teoria etiológica do microbioma humano na perturbaçao de hiperactividade e défice de atençao

Investigo Repository

Ensaio de uma nova teoria etiológica do microbioma humano na perturbaçao de hiperactividade e défice de atençao

Melo, Bruno Bastos Vieira de
 
DATE : 2019-02-06
UNIVERSAL IDENTIFIER : http://hdl.handle.net/11093/1171
UNESCO SUBJECT : 2414 Microbiología ; 2410 Biología Humana ; 6107.02 Teoría y Sistemas
DOCUMENT TYPE : doctoralThesis

ABSTRACT :

Introdução e objectivo: a Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção (PHDA) é uma das perturbações mais estudadas, com nova evidência criada a um ritmo cada vez mais frenético. No entanto, não existem biomarcadores conhecidos nem uma teoria ou modelo etiológico único. Assim, foi pretendido realizar uma teoria etiológica da PHDA que contribua para o avanço do seu estudo científico. Metodologia e Discussão: esta tese foi realizada à luz do Pragmatismo, com um desenho de investigação com Métodos Mistos, que permitiu elaborar uma Teoria Descritiva e Relacional, com uma investigação do tipo de Identificação de Lacunas entre a PHDA e o Microbioma Humano, de construção Explicativa em duas fases, Emergente e Construtiva, e exposta em três perguntas de investigação. Na Fase Emergente foi pretendido estruturar o conhecimento com revisões. Foi realizada uma Revisão Sistemática de Revisões Sistemáticas das diferenças neuroanatómicas na PHDA, de acordo com as directrizes Cochrane e critérios PRISMA, em que foram levantadas as hipóteses de que a PHDA resulta de um desequi ... [+]
Introdução e objectivo: a Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção (PHDA) é uma das perturbações mais estudadas, com nova evidência criada a um ritmo cada vez mais frenético. No entanto, não existem biomarcadores conhecidos nem uma teoria ou modelo etiológico único. Assim, foi pretendido realizar uma teoria etiológica da PHDA que contribua para o avanço do seu estudo científico. Metodologia e Discussão: esta tese foi realizada à luz do Pragmatismo, com um desenho de investigação com Métodos Mistos, que permitiu elaborar uma Teoria Descritiva e Relacional, com uma investigação do tipo de Identificação de Lacunas entre a PHDA e o Microbioma Humano, de construção Explicativa em duas fases, Emergente e Construtiva, e exposta em três perguntas de investigação. Na Fase Emergente foi pretendido estruturar o conhecimento com revisões. Foi realizada uma Revisão Sistemática de Revisões Sistemáticas das diferenças neuroanatómicas na PHDA, de acordo com as directrizes Cochrane e critérios PRISMA, em que foram levantadas as hipóteses de que a PHDA resulta de um desequilíbrio funcional das várias redes neurais e de um envolvimento sistémico neurológico. Foi realizada uma revisão do tipo Scoping Review sobre o estudo científico do Microbioma Humano, demonstrando a necessidade da sua inclusão na etiologia das perturbações do foro mental e da PHDA. Na Fase Construtiva ocorreu a conceptualização, numa exposição de 11 argumentos, resultando na primeira Teoria que conceptualiza como os factores ambientais influenciam o sistema digestivo e alteram o microbioma intestinal que, através do sistema imunológico, provocam alterações no sistema neurológico coerentes com as alterações neuroanatómicas observadas na PHDA. Conclusão: esta Teoria abrangeu argumentos de várias áreas de especialidade, mas assentes numa coerência transversal que realçou a necessidade prioritária da sua investigação confirmatória e demonstrou como, até microbiologicamente, os factores ambientais podem ser assumidos como os principais factores etiológicos individuais e transgeracionais na PHDA. [-]
 
Introdución e obxectivo: o Trastorno por Déficit de Atención e Hiperactividade (TDAH) será un dos trastornos máis estudados, con novos estudos creados a un ritmo cada vez máis frenético. Con todo, non hai biomarcadores coñecidos nin unha teoría ou modelo etiolóxico único. Deste xeito, pretendeuse realizar unha teoría etiolóxica do TDAH que contribúa para o avance do seu estudo científico. Metodoloxía e discusión: esta tese foi realizada á luz do Pragmatismo, cun deseño de investigación de Métodos Mixtos que permitiu unha teoría Descritiva e Relacional, con investigación do tipo de Identificación de Brechas entre o TDAH e o Microbioma Humano, de construción Explicativa en dúas fases, Emerxente e Construtiva, e exposta en tres preguntas de investigación. Durante a fase Emerxente pretendeuse estruturar o coñecemento con revisións. Realizouse unha Revisión Sistemática de Revisións Sistemáticas das diferenzas neuroanatómicas do TDAH, segundo as directrices Cochrane e criterios PRISMA, levantando as hipóteses de que o TDAH resulta dun desequilibrio funcional das diversas ... [+]
Introdución e obxectivo: o Trastorno por Déficit de Atención e Hiperactividade (TDAH) será un dos trastornos máis estudados, con novos estudos creados a un ritmo cada vez máis frenético. Con todo, non hai biomarcadores coñecidos nin unha teoría ou modelo etiolóxico único. Deste xeito, pretendeuse realizar unha teoría etiolóxica do TDAH que contribúa para o avance do seu estudo científico. Metodoloxía e discusión: esta tese foi realizada á luz do Pragmatismo, cun deseño de investigación de Métodos Mixtos que permitiu unha teoría Descritiva e Relacional, con investigación do tipo de Identificación de Brechas entre o TDAH e o Microbioma Humano, de construción Explicativa en dúas fases, Emerxente e Construtiva, e exposta en tres preguntas de investigación. Durante a fase Emerxente pretendeuse estruturar o coñecemento con revisións. Realizouse unha Revisión Sistemática de Revisións Sistemáticas das diferenzas neuroanatómicas do TDAH, segundo as directrices Cochrane e criterios PRISMA, levantando as hipóteses de que o TDAH resulta dun desequilibrio funcional das diversas redes neurais e dun compromiso sistémico neurolóxico. Foi realizada unha revisión do tipo Scoping Review sobre o estudo científico do Microbioma Humano, que demostrou a necesidade da súa inclusión na etioloxía dos trastornos mentais e do TDAH. Na Fase Construtiva ocorreu a conceptualización, nunha exposición de 11 argumentos, resultando na primeira teoría que conceptualiza como os factores ambientais inflúen no sistema dixestivo e alteran o microbioma intestinal que, a través do sistema inmunolóxico, provocan alteracións no sistema neurolóxico coherentes coas modificacións neuroanatómicas observadas no TDAH. Conclusión: Esta Teoría aborda argumentos de varias áreas de especialización, pero baséase nunha coherencia transversal que destaca a necesidade prioritaria da súa investigación confirmatoria e demostrou como, mesmo microbioloxicamente, os factores ambientais poden asumirse como os principais factores individuais e transxeneracionais etiolóxicos no TDAH. [-]
 
Introduction and Objective: Attention-Deficit/Hyperactivity Disorder (ADHD) is one of the most studied medical disorders, although there are no linked biomarkers or single theories/models that have been accepted. This thesis seeks to create an aetiological theory of ADHD that contributes to this area of research. Methods and Discussion: we used a Pragmatist methodology with a Mixed Methods approach to build a descriptive, relational theory of an explanatory building method, between ADHD and the human microbiome, built in two stages - emergent and constructive - with three gap-spotting research questions. During the emergent phase, we intend to structure knowledge with reviews: 1) a systematic overview of neuroanatomical differences in ADHD using Cochrane guidelines and checklist PRISMA criteria resulting in a multi-network, unbalanced, functioning hypothesis and systemic implication of the central nervous system; and 3) a scoping review for scientific studies of the human microbiome that show the need for the consideration of aetiology in mental disorders and ADHD. ... [+]
Introduction and Objective: Attention-Deficit/Hyperactivity Disorder (ADHD) is one of the most studied medical disorders, although there are no linked biomarkers or single theories/models that have been accepted. This thesis seeks to create an aetiological theory of ADHD that contributes to this area of research. Methods and Discussion: we used a Pragmatist methodology with a Mixed Methods approach to build a descriptive, relational theory of an explanatory building method, between ADHD and the human microbiome, built in two stages - emergent and constructive - with three gap-spotting research questions. During the emergent phase, we intend to structure knowledge with reviews: 1) a systematic overview of neuroanatomical differences in ADHD using Cochrane guidelines and checklist PRISMA criteria resulting in a multi-network, unbalanced, functioning hypothesis and systemic implication of the central nervous system; and 3) a scoping review for scientific studies of the human microbiome that show the need for the consideration of aetiology in mental disorders and ADHD. During the constructive phase, the conceptual framework involving 11 arguments results in an initial theory that environmental factors influence the digestive system and change the intestinal microbiome, which, through the immunological system, changes the nervous system that correlates with ADHD. Conclusion: This theory approaches several areas of speciality showing a transversal coherence that highlights the urgent need for investigation in a confirmatory phase. Nevertheless, it has demonstrated, to a microbiological level, how the environmental factors can be accepted as the key individual etiological and transgenerational effects in ADHD. [-]

Show full item record



Files in this item

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Spain Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Spain
2013 Universidade de Vigo, Todos los derechos reservados
Calidad So9001