Repositorio UVigo

Estrutura temporal de taxas de juro : estimação e conteúdo informativo

Investigo Repository

Estrutura temporal de taxas de juro : estimação e conteúdo informativo

Maldonado, Isabel Alexandra Neves
 
DATE : 2015-02-13
UNIVERSAL IDENTIFIER : http://hdl.handle.net/11093/550
UNESCO SUBJECT : 5308 Economía General ; 5302 Econometría
DOCUMENT TYPE : doctoralThesis

ABSTRACT :

A compreensão e previsão da estrutura temporal das taxas de juro tem-se revelado determinante para os agentes económicos e para o seu processo de tomada de decisão, pelo que têm sido desenvolvidos esforços para a criação de um modelo que, por um lado, permita estimar de forma precisa a estrutura temporal atual, e por outro lado, seja capaz de prever a estrutura temporal das taxas de juro futura. Tomando como base uma das metodologias mais relevantes desenvolvida nas últimas décadas, o modelo paramétrico de Nelson e Siegel (1987), diversos autores têm apresentado modelos, denominados "modelos da classe de Nelson e Siegel", que visam aperfeiçoar não só a capacidade de ajustamento, mas fundamentalmente a capacidade de previsão das taxas de juro futuras. Com base nesta classe de modelos Nelson e Siegel, desenvolvemos uma série de estudos analizando a dinâmica das taxas de juro, dando particular incidência ao conjunto de informação que a mesma pode incorporar, quer no que respeita à sua evolução futura, quer no que se refere à sua ligação com o domínio da economia não financeira. Com ... [+]
A compreensão e previsão da estrutura temporal das taxas de juro tem-se revelado determinante para os agentes económicos e para o seu processo de tomada de decisão, pelo que têm sido desenvolvidos esforços para a criação de um modelo que, por um lado, permita estimar de forma precisa a estrutura temporal atual, e por outro lado, seja capaz de prever a estrutura temporal das taxas de juro futura. Tomando como base uma das metodologias mais relevantes desenvolvida nas últimas décadas, o modelo paramétrico de Nelson e Siegel (1987), diversos autores têm apresentado modelos, denominados "modelos da classe de Nelson e Siegel", que visam aperfeiçoar não só a capacidade de ajustamento, mas fundamentalmente a capacidade de previsão das taxas de juro futuras. Com base nesta classe de modelos Nelson e Siegel, desenvolvemos uma série de estudos analizando a dinâmica das taxas de juro, dando particular incidência ao conjunto de informação que a mesma pode incorporar, quer no que respeita à sua evolução futura, quer no que se refere à sua ligação com o domínio da economia não financeira. Com base em dados relativos a quatro países europeus, procuramos efetuar a: i) Avaliação da capacidade preditiva de modelos tradicionais da estrutura temporal das taxas de juro e o contributo decorrente da utilização de informação macro económica, quer em termos de modelização quer em termos de previsão da sua dinâmica futura; ii) Análise do efeito que alterações verificadas nos componentes da estrutura temporal das taxas de juro têm em variáveis macroeconómicas fundamentais e do efeito que alterações na dinâmica macroeconómica tem na estrutura temporal de taxas de juro; iii) Análise da capacidade previsional da informação incluída na estrutura temporal de taxas de juro relativa à evolução futura de variáveis macroeconómicas fundamentais, mais concretamente, no que se refere à previsão de futuras recessões. Verificamos que os modelos da classe Nelson e Siegel apresentam um bom desempenho em termos de capacidade preditiva. A inclusão de variáveis macroeconómicas tem um contributo positivo para a melhoria das previsões das taxas de juro futuras para os países em estudo, para todas as maturidades e para todos os horizontes de previsão, em especial em períodos de reduzida volatilidade. Por outro lado, mostramos a existência de uma relação bidirecional entre os movimentos nos componentes da estrutura temporal das taxas de juro e a dinâmica macroeconómica, sendo as variáveis macroeconómicas forças determinantes dos componentes da estrutura temporal, principalmente para os países que adotaram o euro como moeda. Os resultados obtidos apontam no sentido de que os componentes da estrutura temporal contêm informações sobre a dinámica futura da macroeconomia, sendo um reflexo das expectativas dos diferentes agentes económicos. No que se refere á capacidade de previsão dos componentes da estrutura temporal das taxas de juro, avaliamos o seu desempenho na previsão de recessões em diferentes mercados da União Europeia. Os resultados obtidos confirmam a importância do conteúdo informacional da estrutura temporal das taxas de juro para a previsão dos ciclos económicos. [-]

Show full item record



Files in this item

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Spain Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Spain
2013 Universidade de Vigo, Todos los derechos reservados
Calidad So9001